Imprensa Livre

Siderópolis – SC

Via rede social vereador Valcir de Souza questiona dissídio negado aos servidores de Siderópolis

Divulgado em sua rede social o vereador questiona o não pagamento do dissídio coletivo de servidores da prefeitura municipal de Siderópolis.

Segundo vereador, a arrecadação apesar da pandemia não foi reduzida no município, o que não justifica o não repasse do aumento.

Segue abaixo o texto divulgado pelo vereador:

“Os servidores não tiveram o seu dissídio, com base na situação de “Pandemia”.

Analisando a arrecadação e gastos, com base no portal da transparência, podemos notar que até o momento não teve queda na arrecadação.

Outro fator é a quantidade de servidores “comissionados”, num total de 91, sem contar os estagiários, que não consegui saber a quantidade no citado portal.

A folha gira em torno de aproximadamente R$ 1.400,000,00 mensais, para 326 profissionais no total. Ainda é de considerar que setores como a ASAME e outros órgãos os seus profissionais, na entram na folha de pessoal.

Meu ponto de vista é que cabe uma análise mais profundas dos próximos administradores do município, afinal entendo que o gestor público, deve pensar e governar para o coletivo.”

Por: Fagner da Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Imprensa Livre | Siderópolis.